A Saga do Livro Vendido

Quando encontrei esse livro me apaixonei, queria levar na mesmo hora, mas aprendi que você não se deve deixar levar, você precisa analisar e ter certeza do quer, faço isso com livros, porque já comprei alguns que no dia seguinte estavam pela metade do preço, fiquei com aquela sensação de quando você foi passado para trás e se tratando do Brasil com esses altos índices de impostos em tudo é recomendado ter paciência e esperar os preços baixarem…

Logo, tive a grande ideia de ‘comprar na volta’, quem nunca deu essa desculpa pra economizar?

Eis que o livro não saía da minha cabeça e eu já nem me importava com quanto iria gastar, mas para o meu azar a livraria estava fechada e no dia seguinte o livro tinha sido vendido minutos antes da minha ‘visita’, o que me restou foi essa foto, desse livro lindo, cheio de detalhes e com a lombada costurada e aparente.

Agora, pensando bem e se esse livro na verdade fosse uma pessoa, como eu ou você nos comportaríamos? Um(a) conhecido(a), bonito por dentro e por fora, cheio de encantos, será que nós deixaríamos esse ser ir embora? Como deixar para depois, algo que você pode ter e apreciar agora? Tenha cuidado para não perder aquela pessoa especial por medo de se declarar ou por achar que ainda não é o “momento certo”, afinal, tenho certeza que você não quer esperar por nove temporadas para poder ficar com o amor da sua vida!95a12d71-46be-4a6e-8ab4-9601e9fab0ab60f556b9-0106-46ed-ad86-df38ce15a538Ps.: Acho que estou um pouco viciada em How I Met Your Mother.
Ps.: Ainda não cheguei nem na metade e já estou sofrendo de ansiedade para saber o final!heart

Obrigada pela visita!

Feliz 7 anos meu amor!

Já pensou em quanta coisa aconteceu nesse meio tempo?

Quantos casais que conhecemos já se casaram, tiveram seus filhos ou se divorciaram, são tantas coisas acontecendo…

E nós estamos aqui tranquilos, felizes, planejando novas viagens e realizando aqueles sonhos que estavam quase engavetados. Listando destinos para conhecer (e fotografar), filmes que já saíram de cartaz, séries que ainda nem estão disponíveis, além de plantas e funkos para a nossa coleção.

São tantas coisinhas que até consigo imaginar a nossa casa pronta e decorada, esse desvaneio vem com um combo que são as pessoas perguntando quando vamos casar (?), sinceramente, eu não sei, não é uma prioridade nossa!

Mas para você não ficar desanimado talvez esse casório aconteça daqui à 3 anos, quando completarmos nossos 10 anos juntos, acho que é um bom número, não se preocupem porque vocês serão os primeiros a saber das novidades, se for real!

Agora me deixa voltar para o meu caos de levar a vida de um jeito leve, simples e com poucas crises de ansiedade por causa de “prazos” que a sociedade impõe.

E obrigada love, por fazer com que esses 7 anos de uma vida inteira, pareçam 7 dias depois de um primeiro encontro.

Te amo,

heartCom carinho,
Glenda.

 

Uma vida com menos açúcar, bem menos!

Em 2016 eu comecei um desafio particular e desde seu início já duvidando se eu conseguiria ficar 10 dias sem tomar uma gota de refrigerante, foram os 10 dias mais difíceis, tive que fazer isso por conta de um início de gastrite que estava tendo e porque eu trocava facilmente um copo com água por refri todos os dias. As vezes chegava num total de 2 L por  dia, já que acompanhava as refeições principais (almoço e janta) e também o lanche da tarde, o único momento que eu evitava era pela parte da manhã porque “podia ser prejudicial”, haha, parece até brincadeira…

Para quem não me conhece, prazer sou a Srª Competitiva. Sim, sou, chego “lançar” desafios bobos como ‘vou fazer a prova X primeiro que fulana’ ou quando eu tenho a mesma ideia que outra pessoa do outro lado do país também tem, já liga um botão na minha cabeça de ‘vou fazer melhor’, chega a ser meio maluco,  afinal eu nem as conheço pessoalmente. Seria um distúrbio?

Sendo meio maluquice ou não, lancei-me o desafio dos 10 dias sem refri (contra mim mesma sem ninguém saber), a parte mais difícil foi continuar vendo toda a minha família bebendo coca-cola durante as refeições e não ter uma segunda opção gostosa pra beber, além de água. A vontade me sabotar era enorme, mas eu sabia que a Glenda da futuro sofreria ainda mais com uma gastrite aguda ou me agradeceria por ter sido forte naquele momento.

Os 10 dias passaram e foi um sucesso, logo me animei e prolonguei por mais 30 dias, depois 6 meses e agora (hoje) completou 1 ANO! UAU, eu consegui segurar no freio, as mudanças foram enormes no meu corpo, no meu peso e claro na minha saúde, o refri deu lugar aos mais variados tipos de sucos todos naturais!

Precisamos mudar à rotina, diminuir o açúcar, fazer exercícios (e essa ainda é a parte mais chata), também precisamos nos desligarmos em algum momento dos eletrônicos e conversar com quem está do lado, mude a sua postura para que os outros mudem também, funciona como uma reação em cadeia, lol, agora o refri só entra na casa dos meus pais em ultimo caso, meu namorado virou parceiro e juntos já plantamos várias frutíferas no quintal e uma delas fez questão de florescer logo hoje! ❤

Um beijo meu,

(e obrigada Glenda de um ano atrás!)